Skip links

Governança em Startups de Educação

Na enorme maioria das startups, os sócios fundadores são os executivos que ‘tocam’ o negócio no seu dia a dia. É natural que assim seja e esta característica é, provavelmente, a grande responsável pelas qualidades, muitas, e defeitos, alguns, que estão presentes e definem este tipo de empresa nos seus estágios iniciais.

A Governança em uma empresa, utilizando uma definição bem simples, é o conjunto de regras que define como os acionistas vão se relacionar entre si, com a empresa e com os seus executivos.

Via de regra, em uma startup todos estes papéis são exercidos pelas mesmas pessoas e estão misturados. A definição desta “regra do jogo” fica usualmente restrita a cumprir o mínimo exigido para formalizar a personalidade jurídica da nova empresa – um contrato social, o quanto mais simples melhor.

O tema só vai voltar para a pauta em caso de necessidade, normalmente em situações ligadas a movimentações no quadro societário e, certamente, quando da entrada de um novo sócio investidor.

A partir do momento que exista mais de um sócio na empresa, acredito que é importante colocar o tema na pauta e investir algum tempo dos sócios para estabelecer uma “regra do jogo” básica, que contemple as definições principais:

– Entrada e saída de sócios (parcial ou total);

– Remuneração dos sócios executivos (pró-labore);

– Aumento e diminuição de capital;

– Distribuição de lucros;

– Tomada de decisões (sócios x executivos);

– Solução de divergências entre os sócios.

É um processo educativo que vai familiarizar os sócios com os principais conceitos, evitar que a “regra do jogo” seja discutida apenas quando da necessidade, ou seja, com o “jogo em andamento”. E vai também prepará-los para a entrada de novos sócios, principalmente investidores, que com certeza vão exigir uma regra clara antes de “iniciar o jogo”.

João Arinos Ribeiro dos Santos, executivo com mais de 15 anos de experiência na direção de unidades de negócios e empresas em grupos nacionais e multinacionais, nos segmentos de educação, editorial, mídia, tecnologia e serviços, como Grupo Ibmec, UniJorge/Whitney, Grupo Abril e Bull South America. Engenheiro Mecânico pela UNICAMP com MBA pela Fundação Getúlio Vargas (SP) e especialização em Gestão de Empresas de Serviços pela Harvard Business School.Atualmente é empresário e se dedica a projetos de Private Equity e Venture Capital.

Deixar um comentário

Name*

Website

Comentar

X